domingo, 18 de setembro de 2016

Olá. .. consegui voltar por aqui.
Estava passando por uma turbulência. ....
Mas sobrevivi mais uma. Mas uma que a vida me pregou. Será?
Ou foi eu preguei na vida?
É,  como refleti outro dia no facebook, somos responsáveis por aquilo que fazemos ou deixamos de fazer. Colhemos o que plantamos.  Não podemos definir culpados. Não podemos cobrar algo que também não fazemos, blá blá blá. .
Enfim,  chegou a hora de fechar o livro. Virar a página não.  Fechar o livro e começar uma nova história.
No projeto dessa nova história não posso deixar de escrever os agradecimentos.  São muitas pessoas.  Muitas mesmo. . Engraçado como aprendemos reconhecer as verdadeiras pessoas.  Pessoas que são gratas a mim e a minha família,  que por um momento estiveram disposta e estiveram presentes de alguma maneira neste trajeto.
Inicio o novo trajeto com mais força, mais  conhecimento, mais experiência,  mais ânimo, mais amigos. .. sim, mais amigos ainda.
Valorizo hoje, ainda mais,  os sentimentos, e não objetos. Objetos você perde, joga fora. Mas os sentimentos,  carinho;  jamais. Você guarda no coração pra sempre. E é com esse sentimento,  com esse carinho que ganhei força pra seguir essa nova história.
Aprendi que não há nada mais gratificante do que estar em paz.
Nada melhor do que ser uma pessoa boa, do que ser uma pessoa sempre disposta a perdoar,  a amar e acima de tudo, respeitar.
Por isso, agora,  estou bem...
Sofri? Sim. Sofri muito.  Perdi? Sim, perdi. Mas uma coisa eu tenho certeza, ganhei um bem maior.  Que é o conhecimento e o reconhecimento.  Ensinamento para o resto da vida.
Obrigada a Deus, a minha família,  a meus velhos e novos amigos,  a meus ex vizinhos (que serão meus eternos amigos), as minhas crianças (que já não são mais tão crianças assim), a meu pai e a compreensão e apoio que meus filhos tiveram.
Agora vida nova. :)
Uma linda semana pra nós.
Obrigada.
Bjus

Nenhum comentário:

Postar um comentário